ARQUIVO 1

A explosão dos casos de COVID-19 e novo drama enfrentado pelo Piauí

A alta nos casos já era previsível através de modelos matemáticos só que o início da onda começou mais cedo.

27 de janeiro de 2022, às 10:00 | Douglas Cordeiro

Nos últimos três dias, o Piauí registrou 1.870 novos casos de COVID-19. Os números mostram o início de uma nova onda da pandemia.

Não são apenas casos que surgiram em consequência das festas de fim de ano ou do relaxamento nas medidas de proteção, mas a confirmação da disseminação da variante Ômicron.

Com alto poder de contágio, cerca de 17 vezes maior do que a cepa original, a alta nos casos já era previsível através de modelos matemáticos só que o início da onda começou mais cedo.


LEIA TAMBÉM

Piauí registra 3 mortes por COVID-19 e 690 novos casos em 24h


Os índices de ocupação hospitalar mostram que a situação que parecia estável muda rapidamente quando se trata de uma epidemia global causada por um vírus respiratório e suas variantes extremamente transmissíveis.

Os dados do painel epidemiológico do Piauí revelam que, nas últimas 24 horas, a taxa de ocupação de leitos clínicos chegou a 62,5%, pacientes em estado mais grave já ocupam 84,2% das unidades de terapia intensiva e apenas 32,5% dos leitos com respirador estão disponíveis.

A Secretaria Estadual da Saúde, está ampliando o número de leitos de UTI Covid e atendimento à Síndromes. Serão 50 leitos no Hospital Getúlio Vargas, 6 no Hospital Infantil Lucídio Portela e mais 6 no Hospital Natan Portela, totalizando 62 leitos em Teresina.


LEIA AS COLUNAS ANTERIORES

Na dança das cadeiras, Wilson Martins pode ser o grande vencedor

O cabo de guerra entre os "Bolsonaros" preocupa os assessores


No interior, serão ampliados 25 leitos nos hospitais das cidades de Floriano, Piripiri e Parnaíba, 10 no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba; no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, 10 leitos e mais 5 leitos no Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri. acontecendo de acordo com o aumento no número de casos.

A nova onda está apenas no começo, deve durar até o fim de fevereiro e todos os estudos científicos mostram que a manutenção das medidas preventivas aliada a vacinação são as únicas armas contra este novo desafio.

Secretário Estadual de Saúde, Florentino Neto


POUCAS E BOAS

NOVAS RESTRIÇÕES

Com quase todos os leitos para COVID-19 ocupados, a prefeitura de Teresina avalia a possibilidade do retorno de algumas restrições. Nenhuma medida foi antecipada, mas o COE (Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública) segue com o monitoramento diários dos casos.

A REAÇÃO

Após a circulação nas redes sociais e em alguns meios de comunicação, de uma lista com prefeitos que trairiam o PROGRESSISTAS, o presidente estadual da sigla, Júlio Arcoverde, emitiu uma nota desmentindo as informações e reafirmando a confiança no grupo de oposição.

NADA DE FEDERAÇÃO

O presidente do SOLIDARIEDADE no Piauí, Evaldo Gomes, disse que o partido decidiu não participar de nenhuma federação partidária nestas eleições. O partido vai seguir sozinho na base governista.

META DEFINIDA

Para garantir a eleição de dois deputados estaduais e um deputado federal, Evaldo Gomes segue filiando novas lideranças. O próximo alvo é o ex-deputado federal Mainha que pode assinar sua ficha de filiação já na próxima semana.

MARINA SANTOS

Sobre a parlamentar, que se elegeu pelo SOLIDARIEDADE, Evaldo disse que ele comete um erro saindo partido. Na última eleição, ele conseguiu a vaga com quase 80 mil votos, caso continuasse no SOLIDARIEDADE, a sua reeleição precisaria de cerca de 50 mil votos.