ARQUIVO 1

Themístocles Filho fala de Bolsonaro, Ciro, Dr. Pessoa e Jeová

Todos sabem que um dos mais experientes políticos do Piauí é um homem de poucas palavras. Poucas, porém, reveladoras

08 de fevereiro de 2022, às 09:00 | Douglas Cordeiro

O presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho, em entrevista ao Jornal O Dia News, pela O Dia TV, falou de tudo, um pouco.

Todos sabem que um dos mais experientes políticos do Piauí é um homem de poucas palavras. Poucas, porém, reveladoras.


VEJA OUTRAS COLUNAS

A campanha para governador do Piauí promete ser no "toma lá, dá cá"

Alguns candidatos vão ter que desistir da disputa no PT do Piauí


Mais importante do que a análise são as próprias declarações. Separamos alguns trechos que resumem os assuntos mais importantes.

Sobre a volta dos trabalhos na Assembleia

“Nós estamos em ano de eleição, se a gente vai trabalhar de forma híbrida e o cidadão aparece em uma festa, no interior ou na capital, fica ruim para o parlamentar. Por que o deputado vai as secretarias? Quer dizer que nas secretarias não têm coronavírus?".

O relacionamento com Dr. Pessoa

“Eu quero o bem de Teresina. Eu acho que cada um segue o seu caminho”.

A relação com o vereador Jeová Alencar

“Cada um segue o seu caminho. O prefeito da capital já falou várias vezes que vai votar no Bolsonaro. Eu soube (saída de Jeová do MDB) pela televisão”.

A chapa de deputados do MDB

“O MDB do jeito que está hoje, vai fazer sete deputados estaduais. Se deputados com mandato entrarem no partido, faremos 10 deputados. Com relação a nossa bancada federal, vamos eleger dois deputados”.

Sobre as críticas na convenção do PROGRESSISTAS

“Para quem não sabe, eu votei, quando eu digo votar é trabalhar. Eu trabalhei para o pai do senador Ciro Nogueira para ser deputado em 1982. Eu acho que o ex-governador Lucídio Portella, foi um bom governador do Piauí. Eu votei e ajudei na primeira eleição do senador Ciro Nogueira. Eu não quero ninguém me ajudando se eu acho que a pessoa não é do bem. Você não sabe quem vota em você, o voto é secreto, mas sabe quem ajuda você. Na primeira eleição eu tive até uma discussão com o PT, um problema com o PT, porque eu votei no Ciro”.

Sobre Bolsonaro

“Estão usando o Bolsonaro como amante. Todo mundo sabe o que é amante. Quer que o Bolsonaro ajude, mas quer esconder o Bolsonaro".

Emendas de bancada

“Foi a primeira vez que a Assembleia do Piauí fez. Três emendas de bancada. Uma para a segurança pública comprar 200 motos, outra para ajudar o Hospital São Marcos que trata do câncer no Piauí e a terceira para a área social comprar cestas de alimentos”.

Presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho / FOTO: Portal GP1


POUCAS E BOAS

NÃO ADIANTA SÓ MOSTRAR

Muitos políticos do Piauí publicaram, em suas redes sociais, mensagens lamentando a morte da professora Wana Sara. É indiscutível que ela merece todas as homenagens. Só que além das postagens, era importante que todos se unissem para resolver definitivamente o problema de drenagem em Teresina.

SEGUE ONDE ESTÁ

A deputada Teresa Brito esteve presente na convenção do PROGRESSISTAS demostrando que vai seguir com a oposição nestas eleições. Só que ela precisa mudar de partido já que o PV estará ao lado do PT.

NO MESMO PALANQUE?

O vice-prefeito de Parnaíba disse que Zé Hamilton, ex-prefeito da cidade, vai apoiar Sílvio Mendes. A tendência, pelo menos até agora, é que o prefeito Mão Santa siga o mesmo caminho.

DUAS POSSIBILIDADES

Será que teremos Mão Santa e Zé Hamilton no mesmo palanque em Parnaíba? Ou Mão Santa pode apoiar Rafael Fonteles para não ficar no mesmo palanque de Zé Hamilton?

COMO FICA 2024?

Estamos vendo diversas movimentações de grupos políticos para a eleição deste ano. Quem era adversário está apoiando o mesmo candidato a governador, quem sempre fez oposição a um determinado partido agora está aliado. O problema disso tudo é saber quais as consequências dos “arranjos políticos” deste ano para a disputa municipal.


REDES SOCIAIS

VÍDEOS MAIS VISTOS