ARQUIVO 1

Saiba o que pode acontecer após a decisão do presidente Jeová Alencar

O parlamentar sabe que em uma disputa política quem pensa no futuro não pode ficar escravo da indecisão

31 de maio de 2022, às 09:00 | Douglas Cordeiro

A adesão do presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar (REPUBLICANOS), à pré-candidatura de Joel Rodrigues ao Senado Federal, acabou com qualquer possibilidade de consolidação da terceira via tão falada pelo prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

Jeová, é o principal articulador do REPUBLICANOS, o grupo não teria sido formado sem suas articulações, contatos e influência. Tomou sua decisão com base em suas convicções e consciente que em uma disputa política quem pensa no futuro não pode ficar escravo da indecisão.

Quem não se lembra da sua reeleição para presidente do legislativo municipal. Mesmo contra a vontade do então prefeito Firmino Filho, entrou na disputa e ganhou do Palácio da Cidade tendo como principal aliado, o presidente da Assembleia Legislativa Themístocles Filho. Saiu do PSDB e filiou-se ao MDB.

Apoiou a candidatura de Dr. Pessoa ao Palácio da Cidade. Após ganhara a eleição e assumir o cargo o atual chefe do executivo municipal deu um “balão” no partido porque percebeu que não poderia mandar em uma sigla composta por grandes caciques da politica piauiense. Foi à Brasília e voltou com o comando do REPUBLICANOS. Jeová seguiu o mesmo caminho de Dr. Pessoa. Montou o novo partido, sozinho, mas viu o tempo passando e seus aliados indecisos sobre qual caminho seguir. Mais uma vez, ele decidiu tomar uma posição. Falta agora saber quem será o candidato ao governo que receberá seu apoio.

Presidente da Cãmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar


POUCAS E BOAS

A PRIMEIRA REAÇÃO

O vice-prefeito de Teresina, Robert Rios Magalhães, decidiu que vai ser candidato ao Senado federal, para concorrer contra Joel Rodrigues. Ele disse que vai esperar a recuperação de Dr. Pessoa, que está com COVID-19, para tomar sua decisão. Aliás, decisão que já foi tomada, não seria apenas um comunicado?

O QUE DIRÁ?

Dr. Pessoa, em isolamento físico, recupera-se da COVID-19 e agora a expectativa é sobre sua decisão em relação ao seu posicionamento sobre a decisão de Jeová Alencar. Pode acontecer tudo, inclusive nada.

O QUE É FATO

O grupo Pessoa implodiu ates mesmo de ser erguido. Caso ele decida lançar um candidato a governador, corre o risco de uma derrota histórica. Convencer Robert Rios a desistir de sua candidatura para apoiar a base governista seria um anúncio de rompimento com Jeová Alencar que pela lógica, fecharia seu apoio aos oposicionistas. Caso continue indeciso, nenhuma novidade, Pessoa só estaria sendo ele mesmo.

E A BASE NA CÂMARA

Dr. Pessoa precisa pensar duas vezes antes de romper com Jeová Alencar. Ele tem poucos vereadores que são diretamente ligados a ele. A maioria é fruto da articulação de Jeová Alencar. Ele não pode esquecer as consequências de uma briga política na Câmara Municipal. Além das votações, Jeová tem o pedido de impeachment de Pessoa em sua mesa.

DE OLHO EM 2024

Não segredo para ninguém que Jeová Alencar sonha em chegar ao Palácio da Cidade. Ele sabe que para isso acontecer, precisa acumular vitórias em 2022 ou marcar posição em grupo político consistente, sem vacilação, que seja coeso com estrutura. Em alguns cenários, mesmo sem algumas vitórias, ter um lado é tão importante quanto.

E A SITUAÇÃO?

Fontes da situação informaram que Rafael Fonteles conta com o apoio de vários vereadores da capital e que várias adesões serão anunciadas ao até as convenções partidárias.

POR FIM...

Esse movimento de Jeová Alencar pode gerar a possibilidade de um fortalecimento de Dr. Pessoa. Como? Fica para a próxima.


REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

VÍDEOS MAIS VISTOS