ARQUIVO 1

Governo do Piauí vai investigar 46 PMs acusados de fraude em concurso

O processo administrativo será conduzido por uma comissão que será designada pela Controladoria Geral do Estado

12 de fevereiro de 2022, às 12:00 | Editoria Mais Notícias

O governador Wellington Dias assinou um decreto nesta sexta-feira (11/02), instaurando procedimento administrativo para invalidar atos de nomeação de 46 soldados da Polícia Militar do Piauí, por supostas fraudes praticadas no Concurso Público referente ao Edital Nº 05/2013. A relação com os nomes dos policiais foi divulgado no Diário Oficial do Piauí.

O processo administrativo será conduzido por uma comissão que será designada pela Controladoria Geral do Estado garantindo o direito a ampla defesa e depois propondo a medida que deve ser adotada no caso. Foi estabelecido um prazo de 120 dias que pode ser prorrogado, caso a comissão julgue necessário.

Concluídos os trabalhos, o procedimento de invalidação das nomeações será avaliado pela Procuradoria-Geral do Estado e depois enviada ao governador.

Foi estabelecido um prazo de 120 dias / FOTO: Portal GP1